A entrega de orgânicos em casa durante a crise

Com a rotina das pessoas (e da cidade) alterada, muitos hábitos precisaram ser revistos. Se você já consome orgânicos, talvez tenha havido mudança no horário e local das feiras ou fornecedores. Se você ainda não consome, esse pode ser um bom momento pra começar.

O consumo de orgânicos não só melhor para a saúde como fomenta uma cadeia de pequenos produtores. E, mais do que nunca, precisamos entender o impacto que o que comemos tem no mundo.

Para ajudar as pessoas no consumo de orgânicos durante a pandemia, fiz uma pequena lista com alguns lugares que fazem entregas de orgânicos e produtos da agroecologia.

De forma alguma essa lista abarca a cidade toda. Então, quem quiser colaborar com ela é só colocar aqui nos comentários!

Fiquem bem!

  • A Associação de Agricultura Orgânica divulgou no seu Instagram uma lista com os contatos de produtores que participam das feiras organizadas por eles.
  • Com o Parque da Água Branca fechado, a feira que acontece por lá foi transferida para a Rua Ana Pimentel, aos sábados e domingos, das 7h às 12h. No site da AAO tem mais detalhes.
  • A Enoteca Saint Vin Saint está montando e entregando cestas com produtos da horta duas vezes por semana. Fiquem de olho no Instagram que eles divulgam por lá.
  • Pra quem está no Tatuapé, o Restaurante Cepa também entrega orgânicos às terças e sextas. Os produtos também podem ser retirados no local.
  • O Instituto Chão está aberto de segunda a sábado com o fluxo reduzido. Lá no Instagram tem as orientações.
  • A Pertim é uma iniciativa criada para ajudar duas pontas do sistema: os produtores e consumidores mais vulneráveis. O grupo recebe doações e compra cestas de alimentos que são distribuídas para estas pessoas. Eles também estão experimentando vender cestas para quem pode pagar e, com essa verba, comprar as cestas que serão doadas. Lá no Instagram deles tem todas as informações.
  • O Greenpeace divulgou uma lista com contato de produtores orgânicos e agroecológicos em diversos estados do País, inclusive São Paulo. Quem quiser, pode consultá-la aqui.

Deixe uma resposta